segunda-feira, 23 de março de 2015

DIÓXIDO E ENXOFRE- INFORMAÇÕES IMPORTANTES

ALÔ PESSOAL!!!!!
Mais uma postagem muito importante, desta vez sobre o dióxido de enxofre.
Os óxidos de enxofre são poluentes do ar, destacando-se o dióxido e o trióxido de enxofre. O dióxido de enxofre provém de fontes naturais- vulcões , de composição de matéria orgânica ( H2S, principalmente) e aerossóis marinhos- antropogênicas- queima de combustíveis fósseis, sejam derivados de petróleo ou de carvão mineral e fundição de matais não ferrosos- correspondendo, em média, a 95% das emissões de enxofre para a atmosfera.
O teor de enxofre  no carvão varia de 0,3% a 7% e no óleo derivado de 0,2% a 1,7%. No processo de fundição de metais não ferrosos, o enxofre é oxidado  a dióxido de enxofre. A solubilidade do dióxido de enxofre em água é alta ( 11,3 g/ 100 mL) e a reação deste com água forma ácido sulfuroso ( H2SO3) que é rapidamente oxidado pelo oxigênio molecular a ácido sulfúrico ( H2 SO4) .
O dióxido de enxofre é absorvido nos estômatos das folhas dos vegetais por meio de difusão gasosa.Ele afeta a fotossíntese , transpiração e respiração, principais funções das folhas dos vegetais.
Em pequenas quantidade e exposição por curto período, pode aumentar a fotossíntese e a transpiração.
Concentrações elevadas induzem a redução de ambos os processos.
O dióxido de enxofre administrado a animais em testes de concentração  de até 50% maior que normalmente presente, não causou lesões, entretanto irrita os olhos e o trato respiratório superior. Concentrações maiores que 100 vezes normalmente são suficientes para matar pequenos animais.
Os efeitos prejudiciais ao organismo humano podem ocorrer a partir da  concentração de 0,19ppm em combinação com concentrações elevadas de partículas.
Os efeitos na saúde humana dependem das condições de saúde e atividade dos indivíduos, mas o dióxido de enxofre inicia ou potencializa as crises de asma em concentrações de 0,25 ppm a 0,50 ppm.
Lembre que a  poluição do ar afeta principalmente os sistemas respiratório, olfativo e circulatório.O sistema respiratório é a principal entrada dos poluentes, alguns podendo alterar a capacidade dos pulmões.
 (fonte:  Engenharia Ambiental, conceitos, tecnologia e gestão:
autores: Maria do Carmo Calijuri e Davi Gasparini Fernandes Cunha)

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Fazendo a vida ser interessante