sábado, 12 de fevereiro de 2011

DIESEL E POLUIÇÃO



OLÁ PESSOAL!!!!!!!

Como estão?

Calor aqui em SP está derretendo chumbo!Mais de 35 C, fácil, fácil!

Estou com o ventilador em cima e mesmo assim o calor é intenso...

Agora imagina uma rodovia,uma estrada, uma rua com esse calor e esse tipo de caminhão, soltando esse fumacê de deixar qualquer um sem visibilidade nenhuma...

Ontem, no Estado de São Paulo, saiu uma matéria sobre o primeiro inventário nacional de emissões veiculares que quantifica contribuição de carros, ônibus, motos e caminhões para a poluição atmosférica no País: para especialistas a redução é necessária e exigirá investimento em ferrovias, renovação da frota e ampliação do uso do biocombustível.

Tudo isso porque o DIESEL já responde por 53% das emissões de CO2.

E outro problemão: o diesel, no Brasil, tem alta quantidade de enxofre ( S ) o que é bastante prejudicial para a saúde da população.

Na Europa e no Japão já se usa um diesel com 10 partes por milhão ( ppm) de enxofre. Já no Brasil o diesel é muito mais poluente.O material particulado que sai dos carros irrita olhos, provoca tosse seca e cansaço. Quem sofre com as doenças pulmonares e cardiovasculares corre o risco de ter infarto do miocárdio.

Para se ter uma idéia do caos , nas regiões metropolitanas há diesel com 500 ppm e no interior, usa-se diesel com 1,8 mil ppm.Somente em 2012 o diesel 50 ppm será distribuido pela Petrobrás.

Não podemos esquecer que essa alta concentração de poluentes é um agravante muito sério do efeito estufa.

Agora , por que esse país que teve uma malha ferroviária considerável, pode ter abandonado tudo e cortado investimentos, deixando todo escoamento de produtos através de frota de caminhões? Por que ,no Brasil, se faz o inverso do resto do mundo????????

XQUIMICA BUSCA RESPOSTAS!

( fonte de pesquisa: Estado de São Paulo; imagem:http://1.bp.blogspot.com )

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

RUTÊNIO - O METAL

OLÁ PESSOAL!!!!!!!!
Olha o Rutenio entrando na área!!!!!!!!
Encontra-se geralmente em minerais de platina, de onde é um subproduto, mas forma uns poucos minerais raros como a Rutenoiridosmina encontrada nos Montes Urais na Rússia.
O rutênio (latim Ruthenia, que significa "Rússia") é um elemento químico de símbolo Ru de número atômico 44 (44 prótons e 44 elétrons) e de massa atomica igual a 101g/mol. À temperatura ambiente, o rutênio encontra-se no estado sólido.
É um elemento do grupo do ouro (8 ou 8B) da classificação periódica dos elementos. É um metal de transição, pouco abundante, encontrado normalmente em minas de platina.
É empregado como catalisador e em ligas metálicas de alta resistência com platina ou paládio.
O rutênio foi descoberto por Karl Klaus em 1844
A procura do rutênio está aumentando. É usado em sua maior parte (cerca de metade do total dos destinos deste metal) na indústria electrônica, em contatos elétricos e em resistências para chips. Também é bastante requisitado na indústria química, nomeadamente para a produção de eletrodos e catalisadores. É igualmente utilizado na constituição de ligas, juntamente com a platina e o titânio.
O ruténio é extremamente eficaz na proteção do titânio à corrosão, sendo utilizado sob a forma de óxido, em ânodos à base de titânio em células eletroquímicas para a produção de cloro. O ruténio, além de melhorar a libertação do gás produzido no decorrer do processo, torna estes elétrodos bastante resistentes ao meio altamente corrosivo em que têm de trabalhar.
O ruténio possui também aplicações em catálise, quer no estado metálico quer sob a forma de óxido, podendo ser depositado sobre diversos suportes.
Nas suas aplicações catalíticas o ruténio está frequentemente associado ao níquel e ao paládio, sendo estes metais normalmente suportados sobre materiais como o carvão ativado, a alumina, o sulfato de bário .É utilizado em reações como a conversão do metano e do amoníaco a ácido cianídrico ou na oxidação do anidrido sulfuroso.
É utilizado como catalisador em reacções de hidrogenação, incluindo a síntese do amoníaco a partir do azoto. É também utilizado em reacções de oxidação catalítica de compostos orgânicos.
Está igualmente descrita a utilização de ruténio suportado para a redução fotoquímica da água para produção de hidrogênio.
Na indústria de joalharia, este elemento é normalmente utilizado no aumento da resistência mecânica de peças que possuam platina na sua composição.( fonte; wikipédia, http://www.e-escola.pt)
Bom, pelo que se vê o que não faltam são aplicações para esse Rutênio!
Até em radioterapia ele é utilizado!

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

FAMILIAS 8B- FERRO

OLÁ PESSOAL!
Estão aí bons pedaços de ferro!
O ferro é um metal de grande densidade (7,85 g/m3) e alto ponto de fusão (cerca de 1530 ºC) e ebulição (funde a 3000 ºC), sendo encontrado na natureza na sua forma pura com cor prateada e na forma sólida à temperatura ambiente. É um dos metais de maior importância no mundo, sendo empregado a fabricação de ligas de aço, encontrado em vários compostos, sendo ele muito reativo com oxigênio, oxidando-se muito facilmente, e sendo o mais importante dos metais de transição para animais e plantas. Sua importância biológica reside, nas plantas, no transporte de nutrientes, e nos animais, de várias formas, sendo a mais importante no transporte e armazenamento de oxigênio na hemoglobina. O ferro é essencial ao nível da formação da hemoglobina do sangue e da respiração celular. Caso haja grande carência de ferro, o individuo poderá ter franqueza muscular, fraqueza capilar e anemia. É o quarto elemento mais abundante da crosta terrestre e o segundo metal mais abundante (só ficando atrás do alumínio). Devido a isso, o ferro teve grande importância histórica, por ser abundante e maleável, podendo ser empregado na construção de ferramentas e tendo um grande papel no desenvolvimento de civilizações, sendo principalmente muito usado desde a idade do ferro (cerca de 1200 a.C.), quando o homem aprendeu e desenvolveu a técnica de metalurgia do ferro, já que o ferro era muito abundante e de grande dureza e resistência. Foi também de grande importância na revolução industrial, na fabricação de ferramentas e implementos motivados pelo desenvolvimento da obtenção do ferro, podendo diminuir o valor da obtenção e torná-lo viável para construção de pontes, navios, linhas férreas, etc. Tem grande importância até os dias de hoje, sendo utilizado na fabricação de aço, uma liga de ferro e carbono de grande resistência. A diferença fundamental entre o ferro e o aço, é pela sua ductibilidade e facilidade em ser deformável por forja, laminação e extrusão, enquanto que uma peça em ferro fundido é fabricada pelo processo de fundição. Outro uso do ferro é o aço à prova de ferrugem chamado de aço inoxidável que é composto de ferro, cromo e níquel e usado em tecnologia médica, e ferramentas e materiais metálicos.
O ferro é um metal muito reativo tendo configuração eletrônica de (Ar) 3d6 4s2 sendo encontrado nos estados de oxidação II+ e III+ mais comuns e estáveis, encontrados mais facilmente na natureza e sendo encontrado nessa forma em vários compostos químicos e biológicos, e nos estados de oxidação de IV+ e VI+ menos comuns na natureza e menos estáveis.
É o metal de transição mais abundante da crosta terrestre, e quarto de todos os elementos. Também é abundante no Universo, havendo-se encontrados meteoritos que contêm este elemento. O ferro é encontrado em numerosos minerais, destacando-se:
A hematita (Fe2O3), a magnetita (Fe3O4), a limonita (FeO(OH)), a siderita (FeCO3), a pirita (FeS2) e a ilmenita (FeTiO3).
Pode-se obter o ferro a partir dos óxidos com maior ou menor teor de impurezas. Muitos dos minerais de ferro são óxidos.
E aí, gostou???????
( imagem:http://1.bp.blogspot.com)
( fontes:Wikipédia e http://www.ebah.com.br)
Próxima parada será o Rutenio!!!!!!!!!

FAMÍLA VIII B

OLÁ PESSOAL!!!!!!!!
Começando com tudo! tabela periódica total!
O assunto é as famílias 8B.Olhe acima e repare que 8B engloba os elmentos: Ferro, Rutênio, Ósmio,Cobalto, Ródio , Irídio, Niquel, Paládio e Platina.
Assim o grupo das famílias 8B é formada por três tríades:

Primeira Tríade: ferro, cobalto, níquel
Segunda Tríade: rutênio, ródio, paládio
Terceira Tríade: ósmio, irídio, platina
Todos os elementos dessa família apresentam grande semelhança entre si, em termos de propriedades químicas, dái serem agrupados em uma mesma família.
São chamados de elementos de transição interna. Quando se faz a distribuição eletronica para esses elementos, o subnível final fica no d ( respectivamente d6, d7, d8)
Todos os elementos do bloco d são metais. Em sua maioria , esses metais d são bons condutores elétricos, sendo a prata o melhor entre eles.Os metais deste bloco são maleáveis, dúcteis, lustrosos e de cor cinza prateada ( na sua maioria) .Os pontos de fusão e ebulição são, em geral, mais altos que nos elementos dos grupos principais (A). Mas veja as exceções: o cobre é marrom avermelhado, o ouro é amarelo e o mercúrio tem ponto de fusão tão baixo que é líquido em temperatura ambiente.
Vale lembrar que as formas dos orbitais d afetam as propriedades dos elementos químicos pertencentes às familias B.
Muitos desses elementos podem perder eletrons em um número variável ( no subnivel d) o que possbilita vários estados de oxidação.Isso explica muitas propriedades químicas das biomoléculas.( lembre que algumas enzimas críticas de nossas células são metaloproteínas.)
Vamos ver como funcionam cada um deles????????
(imagem: www.portalsaofranscisco.com.br)

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Fazendo a vida ser interessante