segunda-feira, 23 de maio de 2011

COMPOSIÇÃO DO LYSOFORM













  1. ALÔ PESSOAL!!!!!!!!

Tudo bem?


Semana passada uma aluna me perguntou de que era feito o "Lysoform" !Bem quem pergunta quer resposta, não?


Assim fui atrás do frasco e li os componentes: um deles é a fórmula aí em cima: cloreto de cocobenzilalquildimetilamônio!




E o que que é isso???????
É o mais conhecido, e de uso difundido, como germicida, dos quaternários de amônio, está inscrito em quase todas as farmacopéias e corresponde á notação química genérica "CLORETOS DE ALQUIL DIMETIL BENZIL AMÔNIO".O CLORETO DE BENZALCÔNIO, geralmente assim mencionado, é obtido a partir de ácidos graxos do óleo de coco de alta pureza, a fim de seguir as rígidas especificações da farmacopéia internacional, representando o radical ALQUIL a mistura de C8 H17 até C18 H37, .


No óleo de coco estes ácidos graxos se apresentam em uma proporção constante, e o radical ALQUIL corresponde à mistura contendo aproximadamente 67 % C12, 25 % C14, 7% C16 e 1% DE C8 + C10 + C18. O coeficiente fenólico do Cloreto de Benzalcônio das farmacopéias é STAPHILOCOCCUS AUREOS, 275 e SALMONELA TYPHOSA, 250.Com o advento da tecnologia moderna, foi possível destilar e separar os ácidos graxos do óleo de coco e enriquecer a mistura com a maior percentagem de C14, este reconhecidamente como o de maior ação germicida e resistência à água dura.

APLICAÇÕES
É usado nas preparações de uso tópico na industria farmacêutica, veterinária e cosmética. Como bactericida, é um Ingrediente ativo nas formulações de detergentes - desinfetantes, desinfetantes domésticos e hospitalares, bem como no tratamento de água de piscinas e torres de resfriamento
. ( fonte e foto:http://www.hesterquimica.com.br)
Além dessa substancia tem tensoativo catiônico, sequestrante, alcalinizante e conservante.
Mas essa é uma história que fica para uma outra vez!

12 comentários:

stel@melo disse...

Mas essa fórmula é a da embalagem antiga,né? E qual a diferença com o da embalagem nova(da Bombril)?
Será que tem o mesmo efeito?

XQUIMICA disse...

Sim, é a embalagem antiga.
Vou procurar essa da Bombril e ver a composição e depois faço um post.
obrigada por acessar o XQUIMICA!

Unknown disse...

A nova fórmula é uma droga!

Anônimo disse...

nova formula nao limpa nada, porem misturando com agua sanitaria fica excelente.

XQUIMICA disse...

Obrigada por acessar XQUIMICA!
Quanto à sua pergunta, toda mistura com água sanitária precisa ter cuidado e ser feita ao ar livre.
XQUIMICA

Milena Pereira disse...

Lysoform mata vírus da cinomose?obrigada amei sua explicação sobre quartenario de amônia

XQUIMICA disse...

Milena, desculpe a demora da resposta!
Mas não acredito que mate o vírus .
Pergunte ao veterinário, é mais confiável.
Obrigada por acessar XQUIMICA
Dê uam espiada no nosso site:
https://l-xquimica.com
espero que goste!
XQUIMICA

Unknown disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ricardo Ramiro disse...

Bom dia! Gostaria de saber se os gases do Lysoform, podem acarretar algum tipo de desgaste em componentes eletronicos? Resumindo... Trabalho com equipamentos hospitalares, e quando chegam para manutenção, uso Lysoform para realizar a descontaminação, e agora, querem que comece a deixar o Lysoform dentro de um saco vedado, por pelo menos 12h, mas creio que isso possa vier a corroer a placa eletronica, devido a presença de amônia. Obrigado.

Unknown disse...

Gostaria de saber se podemos curar micoses de unhas com esse produto, uma vês que já sabemos sua eficácia em combater fungos e bactérias...por mais de trinta anos já usei de tudo...estou pensando em diluir um por um e começar a usar de maneira tópica...o que vc acha? desde já agradeço!

XQUIMICA disse...

Obrigada por acessar XQUIMICA!
Ricardo, sim, os componentes do Lysoform podem corroer uma placa eletrônica, assim como qualquer outro produto que seja corrosivo.
Procure uma desinfecção que não comprometa as placas eletrônicas.
Atenciosamente
XQUIMICA


XQUIMICA disse...

Para quem perguntou sobre micoses:|
esse é o tipo de problema que deve ser resolvido por um médico dermatologista.
Isso porque, além do uso de substancias tópicas, é provável que tenha um medicamento a ser ingerido.
ATENCIOSAMENTE

XQUIMICA

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Fazendo a vida ser interessante