quinta-feira, 9 de maio de 2013

LEITE CONTAMINADO COM FORMOL

ALÔ PESSOAL!!!!!!!!!!
Mas que notícia preocupante! Não se respeita a vida alheia, o pensamento é somente lucro!
Atenção para esse informe do G1- Portal de notícias da Globo:
Centro Estadual de Vigilância em Saúde, da Secretaria da Saúde do Rio Grande  do Sul, divulgou na tarde desta quarta-feira (8) uma nota técnica sobre a possível fraude no leite, investigada pelo Ministério Público na Operação Leite Compensado.
 O texto contém orientações sobre a intoxicação por formaldeído, substância encontrada nos lotes não recomendados para consumo.

Segundo o CEVS, a intoxicação por formaldeído por ocorrer por inalação, ingestão e contato com pele e olhos. O órgão orienta quem apresentar os sintomas a procurar atendimento médico, contatar a Vigilância em Saúde do município onde mora ou ligar para o Disque-Vigilância do CEVS pelo telefone 150, e manter o produto na embalagem original na geladeira. Quem tiver embalagens fechadas dos produtos dos lotes não recomendados para consumo deve guarda-los e comunicar Ministério Público pelo e-mail consumidor@mp.rs.gov.br.
Inalar o produto pode causar dor de cabeça, tosse, falta de ar, vertigem, dificuldade para respirar e edema pulmonar, além de irritação nos olhos, nariz, mucosas e trato respiratório superior. Em altas concentrações, pode provocar  bronquite, pneumonia ou laringite.
Já quem ingerir formaldeído pode ter dor na boca e faringe, dores abdominais com náuseas, vômito e perda de consciência. Ainda pode ocorrer proteinúria (perda de proteína), acidose (diminuição do pH), hematemesis (vômito de sangue), hematúria (sangue na urina), anúria (diminuição na urina), vertigem, coma e morte por parada respiratória.
Contato com o vapor ou com o próprio formaldeído pode deixar a pele esbranquiçada e áspera e causar sensações de anestesia e necrose. Em longos períodos, os sintomas são dermatite e hipersensibilidade, ressecamento e ulcerações. Já o contato com os olhos pode causar conjuntivite.
Lotes não recomendados para o consumo, segundo o MP
Leite Líder - UHT Integral
SIF 4182 - Fabricação: 17/12/12
Lote: TAP 1 MB

Leite Italac - UHT Integral
Goiás Minas - SIF 1369
Fabricação: 30/10/12 - Lote: L05 KM3
Fabricação: 5/11/12 - Lote: L13 KM3
Fabricação: 7/11/12 - Lote: L18 KM3
Fabricação: 8/11/12 - Lote: L22 KM4
Fabricação: 9/11/12 - Lote: L23 KM1

Leite Italac - UHT semidesnatado
Goiás Minas - SIF 1369
Fabricação: 5/11/12 - Lote: L12 KM1

Leite Mu-Mu - UHT Integral
Vonpar - SIF 1792


Fabricação: 18/01/13
Lote: 3 ARC
Leite Latvida - UHT Desnatado
VRS - Latvida - CISPOA 661
Fabricação: 16/2/2013 Validade: 16/6/2013
O MP não divulgou o número do lote

A fraude acontecia no transporte entre o produtor e a indústria. De acordo com a investigação, suspeitos de cinco transportadoras compraram 98 toneladas de ureia, quantidade suficiente para adulterar 100 milhões de litros de leite em um ano.
 As investigações apontam para adição de ureia agrícola com formaldeído, acrescido no leite cru por fazer parte da composição do produto. A adulteração tinha como objetivo aumentar o volume com água e tentar manter os padrões do leite.


FÓRMULA E ASPECTTO DA URÉIA


quarta-feira, 8 de maio de 2013

TABELA PERIÓDICA POP STAR

ALÔ PESSOAL!!!!!!!!!!
Encontrei esse video, muito interessante no blog química para um mundo melhor.
Assista e se divirta!

terça-feira, 7 de maio de 2013

DOPAMINA- CENTRO DO PRAZER

ONDE SÃO PRODUZIDOS OS NEUROTRANSMISSORES SEROTONINA E DOPAMINA
ALÔ PESSOAL!
TUDO BEM?
Hoje vamos de dopamina, importante neurotransmissor que vem sendo estudado e passou à frente da serotonina, em termos de " felicidade"
O texto abaixo é do Dr.Ananya Mandal do site News Medical :
A Dopamina é um neurotransmissor liberado pelo cérebro que tem um grande número de papéis nos seres humanos e nos outros animais. Algumas de suas funções notáveis estão em:
  • movimento
  • memória
  • recompensa agradável
  • comportamento e cognição
  • atenção
  • inibição de produção do prolactina
  • sono
  • humor
  • aprendizagem
O Excesso e a deficiência deste produto químico vital são a causa de diversas condições da doença. A doença e a toxicodependência de Parkinson são alguns dos exemplos dos problemas associados com os níveis anormais da dopamina.

  Onde a dopamina é produzida?

A Dopamina é produzida nos neurônios dopaminergicos na  VTA e do núcleo arqueado do hipotálamo.

Dopamina no movimento

Uma parte do cérebro chamado de gânglios básicos regula o movimento. Os gânglios básicos dependem por sua vez de uma determinada quantia de dopamina para exercer a função na eficiência máxima. A ação da dopamina ocorre através dos receptores da dopamina, D1-5.
A Dopamina reduz a influência do caminho indireto, e aumenta as ações do caminho direto dentro dos gânglio básicos. Quando há uma deficiência na dopamina no cérebro, os movimentos podem tornar-se atrasados e não coordenados. Em outros lado, se há um excesso de dopamina, o cérebro faz com que o corpo faça movimentos desnecessários, tais como tiques repetitivos.

Dopamina no comportamento procurando da recompensa do prazer

A Dopamina é o produto químico que negocia o prazer no cérebro. É liberada durante situações agradáveis e estimula a procurar uma atividade ou ocupação agradável. Isto significa que o alimento, o sexo, e diversas drogas de abuso são igualmente estimulantes da liberação da dopamina no cérebro, particularmente nas áreas tais como os accumbens do núcleo e o córtice pré-frontal.

Dopamina e apego

A Cocaína e as anfetaminas inibem a re-tomada da dopamina
A Anfetamina aumenta a concentração de dopamina nas sinapses, mas por um mecanismo diferente. As anfetaminas são similares na estrutura à dopamina, e assim  podem entrar no neurônio presinaptico através de seus transportadores da dopamina. Entrando, as anfetaminas forçam as  moléculas da dopamina fora de suas vesículas de armazenamento. Aumentando a presença de dopamina surgem os sentimentos de apego agradável que fica aumentado.

Dopamina na memória

Níveis de dopamina no cérebro, especialmente no córtice pré-frontal, ajuda no funciona
mento da  memória .

Dopamina na atenção

  Dopamina ajuda no foco e na atenção. Uma resposta da dopamina no cérebro e esta ajuda por sua vez  a focalizar e dirigir sua atenção.. As concentrações reduzidas da dopamina no córtice pré-frontal podem  contribuir para o  transtorno de deficit de atenção.

Dopamina na cognição

A Dopamina nos lóbulos frontais do cérebro controla a circulação da informação de outras áreas do cérebro. As desordens da dopamina nesta região levam à diminuição de funções neurocognitivas, especialmente memória, atenção, e resolução de problemas.
Os receptores D1 e os receptores D4 são responsáveis pelos os efeitos do aumento da dopamina. Algumas das medicamentações antipsicósicas usadas nas condições como a esquizofrenia atuam como antagonistas da dopamina.

Secreção de Regulamento do prolactina

A Dopamina é o inibidor neuroendócrino principal da secreção do prolactina da glândula pituitaria anterior. A dopamina produzida pelos neurônios no núcleo arqueado do hipotálamo é liberada nos vasos sanguíneos do hipotálamo que levam à glândula pituitária. Isto atua nasglandulas que produzem a prolactina.

Funcionamento Social

Uma baixa concentração de dopamina D2  é encontrada nos povos com ansiedade social ou fobia social. Algumas características da esquizofrenia negativa (reclusão, apatia,inabilidades sociais) provavelmente são relacionadas a um baixo estado dopaminergico em determinadas áreas do cérebro.
Por outro lado aqueles com doença bipolar em estados maníacos tornam-se hipersocial, assim como hipersexual. Isto é creditado a um aumento na dopamina.

Níveis e psicose da Dopamina

A transmissão anormal altamente dopaminergico foi ligada à psicose e à esquizofrenia. Os antipsicóticos típicos e atípicos trabalham pela maior parte inibindo a dopamina a nível do receptor.

Processamento da Dor

A Dopamina tem um papel na dor que processa em níveis múltiplos do sistema nervoso central. Isto inclui a medula espinal, o cinza periaqueductal (PAG), o thalamus, os gânglios básicos, o córtice insular, e o córtice do cingulado. Os baixos níveis de dopamina são associados com os sintomas dolorosos que ocorrem freqüentemente na doença de Parkinson.
Fórmula da Dopamina:

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Fazendo a vida ser interessante