sexta-feira, 7 de agosto de 2009

SUJEIRA, SUJEIRINHA, O QUE TEM NA BANDEJINHA?




Quantas bandejas voce já viu assim? Várias, não é? É só passar em qualquer praça de alimentação no horário do rango que elas estão lá!
Então aí vai o alerta ( fonte: Estado de S.P- dia 6/08/09 )

A Associação Brasileira de Defesa do Consumidor constatou a presença de coliformes fecais- bacilos intestinais presentes nas fezes- em talheres, pratos e bandejas de restaurantes por quilo em shoppings de SP
Foram visitados 30 restaurantes de 5 shoppings: com uma escova os pesquisadores recolheram amostras de materiais e enviaram para laboratótios especializados. Texano Grill do shopping Ibirapuera recebeu nota máxima: tudo higienizado e limpo.
Já Mister Seik do Tatuapé( diz que a unidade já foi fechada) e Maragato Grill do Aricanduva foram reprovados com talheres e bandejas contaminadas. Viena do Morumbi e Coração Mineiro do Ibirapuera tiveram seus pratos reprovados por contaminação.No Livorno do Interlagos, só a bandeja estava limpa, de acordo com os padrões examinados.
Passar o guardanapo em volta do prato e nos talheres não adianta. O calor de uma boa lava louças é que mata os coliformes fecais.
Portanto , se voce for pegar a comida e os utensilios ( pratos, talheres, bandejas) estiverem quentes, vá em frente! Senão, passe para o próximo quilo!

XQUÍMICA- ALERTANDO E AJUDANDO!!!!!!!







quarta-feira, 5 de agosto de 2009




Duas paisagens totamente diferentes: o castelo de Chambord, sul da França, no vale do Loire e casas espanholas. Fui de Paris até o vale de Loire, de ônibus, conhecendo vinhedos e castelos...
Entrei na Espanha pelos "países bascos" e a paisagem muda muito!
Enquanto os castelos e a maioria dos monumentos franceses são feitos de pedras e acinzentados, na Espanha há o emprego dos tijolos e das cores ocre, marrom, amarela, laranja.
Mas como os tijolos foram parar na Espanha? Bem, primeiro os romanos estiveram por lá, depois os muçulmanos .E estes povos dominavam a tecnica da confecção dos tijolos.Interessante como ao passar em Burgos as placas indicam tudo em dois idiomas: castelhano e basco.
Mas esse blog é de química!!!!!!!!!!!!
Vamos ao fato: do que é feito um tijolo?
De barro ou argila, colocado em formas e dois processos de secagem: ao sol ( como era feito antigamente) e no forno, onde são cozidos e deixados até esfriarem para não racharem com o diferencial de temperatura.
E voce sabia que no Brasil as telhas eram feitas do mesmo material mas a forma era a perna do escravo que estava fazendo?Então cada lote de telhas ficava diferente um do outro?
XQUIMICA INFORMA E RETORNA!!( obs- as fotos não são minhas, estou organizando !)

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

MÁRMORES

Pessoal, estive em Paris e visitei o museu do Louvre.
Simplesmente não existe palavra alguma que possa descrever a maravilha que é caminhar lá dentro!
Essa imagem é da Venus de Milo, encontrada em 1820, na ilha de Milo, no mar Egeu. Estava quebrada em duas partes,e imagina-se que data de 103 aC.
O mármore branco parece uma pintura e os pontos desgastados são poucos.
Esse tipo de mármore pode apresentar variadas cores como rósea, branca, esverdeada ou preta. Dentre esses minérios está a mica, o feldspato e outros. Ela recebe o nome de rocha metamórfica porque é formada a partir da transformação físico-química sofrida pelo calcário a altas temperaturas e pressão. Isto explica porque as maiores jazidas de mármore se encontram em regiões de atividade vulcânica e que possuem a rocha matriz calcária. Normalmente a escultura é feita de um único bloco de mármore.
Essa foto acima é do acervo do Louvre.
O mármore ocorre em diversos países europeus, como Itália, Grécia, França, Espanha, Portugal, Alemanha e Noruega. Os Estados Unidos produzem mármores brancos e cinzentos; o México, avermelhados; e o Uruguai, verdes, vermelhos e pretos. Ainda hoje são extraídos os mármores brancos da Itália (Carrara) e da Grécia (Paros e Pentelikon). Conhecidos como mármores estatuários, possuem grãos finos e translúcidos. O mármore da Argélia, de Oued-Abdallah, redescoberto em 1849, é o mesmo mármore-ônix usado nos edifícios romanos e cartagineses. Não é, em sentido estrito, nem mármore nem ônix, mas alabastro, ou gipsita, uma rocha de sulfato de cálcio. Os mármores-ônix são em geral marrons ou amarelos, devido à presença de óxido de ferro.
la chimie est bonne!!!!!!

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Fazendo a vida ser interessante