sexta-feira, 24 de agosto de 2012

PECTINA - INCLUA NA SUA VIDA!

ALÔ PESSOAL!
Voce sabe o que é pectina? Provavelmente já ouviu falar, mas o que é?
Olha que linda essa cadeia da figura 1 !!!!!!! ( imagem: infoescola.com.br ) 
Lógico que é uma cadeia orgânica e analise: tem ácido carboxílico, tem aldeído, tem éster...
É uma boa cadeia para fazer uma questão de vestibular, não?
Vamos lá:
"A maioria das pessoas associa a pectina á geleia e gelatinas, e não à limpeza das artérias, controle do açúcar no sangue ou prevenção de câncer.
Mas ela pode fazer tudo isso. 
A pectina é uma especie de cola de carboidratos que ajuda a manter unida as células das plantas.
Pode ser extraída , com água fervendo, do milo de maçãs ou da pele branca dos cítricos e depois processada em forma de pó para engrossar geleias.
Na presença apropriada de ácido e açúcar, as longas moléculas de pectina se ligam umas às outras para formar uma grade tridimensional que captura moléculas de água.
Algumas frutas como as uvas e a maioria das bagas, tem pectina suficiente para produzir sua própria geleia, mas damascos e morangos, precisam de pectina adicional para que a geleia adquira sua consistência.
E é essa capacidade de engrossar que pode ser responsável pelos benefícios da pectina na saúde.
Ela é uma forma de fibra que o trato digestivo não pode quebrar para que seja absorvida. Portanto ela permanece no intestino delgado, onde forma um gel parecido com a geleia. esse gel eventualmente captura e elimina alguns ácidos biliares que são secretados pelo fígado para ajudar na digestão das gorduras. O fígado, então tem que produzir mais ácidos biliares e sendo a matéria prima desses ácidos o colesterol, logo temos uma redução do mesmo no sangue.
Isso é uma hipótese teórica onde pesquisadores de Universidade da Flórida já mostraram que a pectina cítricas pode manter as artérias dos porcos livres de placas e até limpar artérias bloqueadas.
Por isso a ingestão diária de maçãs é tão importante: 2 a 3 maçãs diárias fornecem 2 ou 3 g de pectina o que diminui em 11% o colesterol do sangue, segundo pesquisas.

Vá comer a sua maçã, porque a minha já foi!!!!!!!!!!
imagem:imaculadacintra.blogspot.com
fonte: "Barbies, bambolês e bolas de bilhar" de Joe Schwarcz

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

IRISINA- HORMÔNIO

OLÁ PESSOAL!
Antes de iniciar nosso assunto de hoje, quero passar um endereço para voces: http://www.vestibulares2013.com/  .
Lá são encontrados todos os vestibulares que rolam pelo país e as datas de inscrição. Vale dar uma conferida!
IRISINA E SUA AÇÃO NO TECIDO ADIPOSO


Imagem: festadodia.com.br  

O que é irisina?
Segundo o artigo publicado na revista Veja, edição 2283, é um hormônio que tem o poder de acelerar  o metabolismo do tecido adiposo fazendo emagrecer.
Podemos colocar dessa forma: é uma ginástica que se "toma" em gotas, ou cápsulas.
Depois de liberada pelas fibras musculares a irisina chega às células de gordura onde estimula a produção de UCP1.
A célula sofre uma alteração  na sua estrutura química e passa a queimar gordura, ao invés de guardá-la!
As células transformadas pela irisina foram chamadas de "células bege" porque a gordura sendo branca, quando  "esquenta" absorve mais  ferro e escurecem.
A pesquisa apontou que as células bege possuem uma quantidade  cerca de vinte vezes maior de mitocondrias ( que são estruturas que fabricam energia- ATP ) que as células de gordura brancas.
É claro que a célula já contém essas mitocôndrias, mas elas estão desativadas. Quem dá um "up" nelas é a irisina, liberada durante o exercícios físico ( olhe a figura acima ) .
Quando o estímulo físico é suspenso, as mitocôndrias são desativadas e a célula retorna ao seu original, estocando gordura e engordando.
Se a irisina puder ser administrada em pequenas doses, pode fazer o mesmo efeito que uma academia.
Essa teoria já foi comprovada em ratos, e em 2013 começam as pesquisas em seres humanos.
Mas , até lá, continue fazendo seus exercícios e comendo direito,porque milagre a que altere essa fórmula ainda não existe:

"SE A  QUANTIDADE DE CALORIAS INGERIDAS FOR MAIOR QUE A QUANTIDADE DE CALORIAS CONSUMIDAS, ESSE EXCESSO SERÁ ESTOCADO EM FORMA DE GORDURA "

.
XQUÍMICA ADVERTE: NADA DE FAZER LOUCURAS PARA EMAGRECER!!!!!!


segunda-feira, 20 de agosto de 2012

CREME DENTAL OU PASTA DE DENTES?

ALÔ PESSOAL!!!!!!!!
Então, vamos encarar um creme dental? Ou pasta de dentes?
Afinal, o que ela tem e o que faz?
( imagem:fubap.org ) 
Primeiro vamos combinar, muito legal essa imagem! Dá para entender como saem as listras na escova de dentes!
Agora a composição: 

As pastas de dentes possuem basicamente:abrasivo, agente de polimento, espumante, umectante, edulcorante, solvente, detergente, flavorizante e agente terapêutico. 
Conheça agora alguns dos ingredientes presentes em sua pasta dental: 
Lauril Sulfato de Sódio: é responsável pela formação da espuma ao escovarmos os dentes e possui ação detergente. 
Carbonato de cálcio (CaCO3): substância abrasiva, age durante a escovação aumentando o atrito com os dentes. O contato promove a esfoliação da camada mais externa dos dentes eliminando a placa bacteriana. 
NaHCO3: Bicarbonato de sódio. Ele é um antiácido e regula o pH do meio, é classificado como abrasivo. 
Fluoreto de sódio (NaF): agente terapêutico, mais conhecido como flúor. Esse componente reage com o fosfato de cálcio presente nos dentes para formar fluoropatita (substância de proteção contra cáries dentárias). O flúor é um importante componente, pois inibe a ação de bactérias. 
Sorbitol - C6H8 (OH)6: edulcorante, essa substância é responsável pelo sabor doce da nossa pasta dental. 
Flavorizantes: agentes responsáveis pelo sabor que promove um efeito refrescante. 
Água  e álcool etílico: esses são os solventes responsáveis pela dissolução dos ingredientes, formando a pasta homogênea. 
Glicerina: umectante, a pasta dentro do tubo não resseca em virtude da presença da glicerina. 


E uma curiosidade: quando começaram a usar algo semelhante à pasta de dentes?
A mais antiga referência conhecida a um creme dental está em manuscrito egípcio no século IV a.C., que citava uma mistura de sal de cozinha, pimenta, folhas de menta e flores de íris. Muitas antigas fórmulas de dentifrício eram baseadas em urina. Apesar disso, a pasta dental não chegou ao uso geral até o século XIX.
No início do século XIX, a escova de dente era normalmente usada apenas com água, mas misturas dentárias logo ganharam popularidade. A maioria destes eram de produção caseira, e os ingredientes mais comuns eram giz, tijolo pulverizado e sal. Uma enciclopédia caseira de 1866 chegou a recomendar carvão pulverizado .(Wikipédia) 
XQUIMICA SORRISO BRANCO!

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Fazendo a vida ser interessante