segunda-feira, 4 de agosto de 2014

DIFERENÇA ENTRE ATERRO SANITÁRIO E LIXÃO

ALÔ PESSOAL!!!!
Ontem, dia 3 de agosto de 2014, saiu uma reportagem no "Estado de São Paulo" sobre o aumento na quantidade de lixo.
Transcrevo alguns trechos. A reportagem é de Adriana Ferraz.

"Em vez de reduzir, o brasileiro produziu mais lixo em 2013. O aumento foi de 4,1% em relação ao ano anterior, o que representa quase 3 milhões de toneladas a mais no ano. Tais números situam o Brasil na quinta posição entre os que mais produzem lixo no mundo- atrás dos EUA, China, UE e Japão.
O país está longe de atingir as metas estipuladas pela Política Nacional de Resíduos Sólidos .
Na média,por habitante também houve alta de 0,39% em média. Já a coleta recuou. Deixou-se de coletar 10% do lixo produzido, ou seja, 20 mil toneladas por dia, que nem sequer forma para o lixão.Acabaram em córregos ou no meio da rua.
Pela lei a redução do lixo é tratada como prioridade assim como a eliminação dos lixões,em seu lugar, a construção de aterros sanitários.
O governo estadual tinha estipulado a data de 2 de agosto como limite para cumprir a meta.
Mas pelo visto, isso só vai ocorrer em 2060!"

Afinal qual a diferença entre o aterro sanitário e o lixão?
Características do lixão:
apenas um lugar para o descarte do lixo, sem proteção ambiental ou à população. O lixo produz o chorume, um líquido tóxico, resultado da decomposição do lixo. No lixão ele penetra no solo e contamina o lençol freático.
O gás metano produzido na decomposição do material orgânico, não tendo para onde ir, cria riscos de explosões e contribui para o efeito estufa.
 O lixo exposto atrai ratos, urubus, baratas que causam doenças
Os catadores trabalham sem proteção, ficando expostos a acidentes e doenças.



 
Características do aterro sanitário:
O local é preparado para receber o descarte. Há regras para acondicionar o lixo, protegendo o solo, o ar e água.
Cada camada de um aterro é coberta com argila e uma manta de plástico. O lixo fica exposto por apenas algumas horas e logo é coberto. Não atrai animais.
O chorume é tratado e a água é usada no aterro para irrigar plantas e lavar equipamentos.
O gás metano produzido é canalizado e queimado podendo gerar energia elétrica.
 

 
 então, você já sabe!

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Fazendo a vida ser interessante