terça-feira, 31 de julho de 2012

O CASTELO E SEUS HABITANTES ESQUISITOS

ALÔ PESSOAL!
Então, acabaram as férias, momentos de indecisão total, ninguém quer saber da famosa " volta às aulas!", mas as aventuras no castelo estão começando!
Olhe acima...Já vimos as torres e seus habitantes, e agora vamos para essa parte que parece calma e o fosso logo abaixo.
Não se engane!
Da coluna 3 até à 12 estão os metais de transição.
Para dizer a verdade tem composição química de arrancar os cabelos,e não se pode generalizá-los, porque são vingativos!
São átomos pesados que tem mais flexibilidade por causa da maneira com guardam seus elétrons, tem diferentes níveis de energia ( d, f ) e o grande problema é que escondem os níveis de energia, ficando difícil saber de onde sairá ou entrará os elétrons que farão esses átomos felizes.. ( também buscam a regra do Octeto).
Se os elementos das torres são muito bonitinhos e seguem o padrão primeiro enche o "s" depois cada orbital "p", os metais de transição começam a armazenar, a partir da quarta linha até a sétima, no orbital D, que retém 10 elétrons
Confundiu tudo?
Vamos lá: o orbital S armazena 2 elétrons e tem formato esférico.
O orbital P armazena 6 elétrons, em pares de dois ( px, py, pz)  e parecem balões:
Mas o preenchimento desses orbitais, casinhas de elétrons, não se faz de qualquer maneira, pois não é o castelo da sogra!
Primeiro entram todos, um de cada vez, em cada orbital. Se sobrar, volta colocando mais um, e no cado do S são 2 e no cado do P são 6, dois em cada bolota.
Os orbitais D parecem balões de bichos deformados , e no caso dos metais de transição, escondem esses elétrons embaixo de outras camadas!Assim ficam protegidos, como se estivessem em uma gaveta falsa!
Quer ver um exemplo?
Fe ( ferro) de número atômico 26: 1s2, 2s2, 2p6, 3s2, 3p6,4s2,3d6 
Vejam, o Fe é considerado um doador de elétrons e sempre se vê : Fe +2. Pense, de onde saíram esses dois elétrons?
Não foi do orbital D e sim do 4s2!!!!!!!!
Essa é a mágica e com isso os metais de transição são frios, cinzentos e disformes pois seus elétrons exteriores não lhes dão outra escolha a não ser se conformar....
E vejam que eles ficam nos espionando de suas janelinhas e cada um tem cada história!!!!!!!!
E olha os orbitais "D": não é de dar nó nos cílios?
Aguardem novas notícias!falaremos do fosso e da maior palavra química: nome do vírus do mosaico do tabaco que tem somente 1.185 letras!!!!!!!!!!!!!!!!!
texto baseado no livro " Acolher que desaparece" de Sam Kean
images da Wikipédia  

 

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Fazendo a vida ser interessante