sábado, 3 de julho de 2010

GUERRA QUÍMICA- GASES TÓXICOS I-GÁS CLORO

ALÔ PESSOAL!!!!!!!!
mais uma vez vamos entrar com um assunto polêmico: a produção e os usos dos gases tóxicos.
Primeiro um pouco de história, uma vez que é necessário saber o contexto no qual essas "armas" forma criadas.
As informações eu busquei em livros ( em especial : Completamente Química , de Martha Reis) e na net.
Vamos lá:
Na primeira Guerra Mundial o uso das armas químicas só foi possível graças ao desenvolvimento da indústria química alemã.
Os alemães possuiam o domínio dos mercados mundiais de corantes e produtos farmaceuticos.
Para evitar que as indústrias competissem entre si, o presidente da Bayer propos uma confederação abrangendo várias companhias químicas que ficou conhecida como IgFarben.
Na época da Guerra , a Alemanha imaginou que venceria a França , e não acumulou estoques de NaNO3 ( nitrato de sódio) essencial para a fabricação da pólvora, usada em suas armas.
Com o bloqueio naval imposto pelos britanicos, a importação de NaNO3 ficou impossivel( vinha do Chile)
Como a descoberta do processo de obtenção da amônia já havia sido feita por Fritz Haber, antes da Guerra, esse conhecimento foi desviado para a fabricação da pólvora pelo IgFarben( com a amônia fabrica-se o nitrato de amônia- NH4NO3- e com este, a pólvora )
Como a situação estava ficando "preta"para a Alemanha, os dirigentes da IgFarben convenceram o estado maior alemão a usar gases tóxicos nas trincheiras.
Haber dirigiu o primeiro ataque com o gás cloro ( Cl2) em 1915.
Sob seu comando, espalhou-se gás cloro num front perto da cidade belga de Ypres e dos 15000 soldados franceses que lá estavam, 5 mil morreram e 10 mil ficaram feridos.
O gás cloro é sufocante, provoca irritação, ressecamento e ardor nas vias respiratórias: para aliviar os pulmões segregam água, formando edemas, onde a pessoa morre lentamente e "afogada".
Na frente russa os estragos foram maiores: cerca de meio milhão de baixas.Em um dos primeiros ataques, o regimento da Sibéria tinha 39 oficiais e 4310 soldados: restaram 4 oficias e 400 soldados.

quinta-feira, 1 de julho de 2010

MARCA DOS 100.000

ALÔ PESSOAL!!!!!!!!!
MAIS DE 100.000 ACESSOS!!!!!!
OBRIGADA!!!!!!!
XQUIMICA AGRADECE AO MUNDO INTEIRO ( LITERALMENTE!)
(imagem:http://coolturalblog.files.wordpress.com )

segunda-feira, 28 de junho de 2010

DO QUE É FEITO O GELOL?


ALÔ PESSOAL!!!!!!!!!!!!
Como estão ,em clima de Copa?
Hoje o Brasil ganhou do Chile e enfrenta a Holanda...
Será que vai dar hexa????
Mas, e os jogadores contundidos?
Será que ainda usam algo parecido com o famoso "Gelol"?
E voces sabem o que tem dentro desse tubo?
Pois é, contusões à parte, essa matéria saiu na revista SUPER( edição 179), achei muito legal , e vou repassar para voces!
No Gelol tem mentol ( rimou!) : o óleo de menta ativa os sensores que induzem o frio na sua pele. Quando nos machucamos, o cérebro recebe a informação que houve uma lesão . Sentimos dor. O Gelol usa o truque de mandar outra informação ao cérebro- para que ele não se concentre na dor. A distração é a sensação de frio. Esse frio age com a terebentina que faz o oposto: provoca calor .
Olha a confusão: manda esfriar e o organismo entende que precisa mandar mais sangue para aquecer o local com frio: aí a terebentina ajuda a aquecer a pele dilatando os vasos sanguineos, logo o inchaço diminui.
O salicilato de metila é um anti- inflamatório que inibe a resposta da dor que o corpo ativa quando tomamos uma pancada. Observação: esse composto é um estimulante sexual para as abelhas!
Como tempero temos a mostarda: isso mesmo, mostarda sob a forma de óleo.
E gordura vegetal para que voce consiga esfregar o produto e a validade possa ser aumentada
A gordura vegetal entra como hidratante.
E aí, gostou da fórmula do "Gelol"?
(imagem: farmaviver.com)

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Fazendo a vida ser interessante