sábado, 12 de junho de 2010

CONTADOR GEIGER




ALÔ PESSOAL!

COMO VÃO DE FRIO?

E se um material radioativo passar por aí?

Sabe como detectar?

Use um contador Geiger!!!!!!!!!
O contador Geiger (ou contador Geiger-Müller ou contador G-M) serve para medir certas radiações ionizantes (partículas alfa, beta ou radiação gama e raios-X, mas não os neutrons). Este instrumento de medida, cujo princípio foi imaginado por volta de 1913 por Hans Geiger, foi aperfeiçoado por Geiger e Walther Müller em 1928.
O contador Geiger é constituído de um tubo Geiger-Müller e de um sistema de amplificação e de registro do sinal. O tubo Geiger-Müller, uma câmara metálica cilíndrica no eixo da qual é estendido um fino fio metálico, é enchido por um gás a baixa pressão. Uma tensão elétrica de ordem de 1000 volts é estabelecida entre o cilindro (que tem papel de cátodo) e o fio (ânodo).
Quando uma radiação ionizante penetra no contador, ela ioniza o gás, isto é, faz com que elétrons sejam liberados. Esses elétrons se multiplicam rapidamente por avalanche eletrônica, tornando o gás condutor durante um curto tempo (fenômeno de descarga elétrica). Após amplificação, o sinal elétrico assim produzido é registrado e traduzido para uma indicação visual (agulha, lâmpada) ou sonora (clique).Ele detecta a presença de radiação usando a capacidade que as partículas radioativas têm de ionizar certas moléculas (isto é, retirar alguns de seus elétrons). O aparelho consiste em um cilindro cheio de gás (normalmente argônio), submetido a uma tensão elétrica que mantém a parede do tubo negativa em relação a um fio positivo que corre ao longo do seu eixo. Quando as partículas radioativas entram em contato com os átomos de argônio, convertem alguns deles em íons positivos mais elétrons. Sob a ação do campo elétrico, os íons migram para a parede do cilindro e os elétrons para o fio. Essa dupla migração causa um pulso de corrente que é transmitida a um amplificador. Quanto mais partículas radioativas houver, maior será a corrente elétrica. O primeiro modelo desse aparelho foi apresentado em 1912 pelo físico alemão Hans Wilhelm Geiger (1882-1945), daí seu nome. Outros modelos, mais modernos, têm outra estrutura, mas baseiam-se no mesmo princípio apresentado no início do século passado.( Mundo Estranho e Wikipédia)
imagens-gráfico:if.ufrgs.br
contador Geiger:minimalismo-exacerbado.blogspot.com

terça-feira, 8 de junho de 2010

VIDA EM TITÃ?

(superfície artistica de Titã durante uma chuva de metano)
Em um desdobramento da missão Cassini, a agência espacial norte-americana (Nasa) anunciou ontem a descoberta de indícios de vida em Titã, a maior das luas de Saturno. A superfície de Titã é fria demais para ter água em sua forma líquida – mas os cientistas sugerem que formas exóticas de vida poderiam existir em seus lagos de metano ou etano líquidos.Em 2005, o pesquisador Chris McKay afirmou que alguns microorganismos poderiam viver respirando hidrogênio e se alimentando da molécula orgânica acetileno – criando metano no processo. Isso explicaria a falta de acetileno em Titã e de hidrogênio na superfície do satélite natural em que esses espécimes estariam vivendo, dizem os cientistas da Nasa.– Nós sugerimos o consumo de hidrogênio porque é o gás óbvio para a vida em Titã, semelhante ao nosso consumo de oxigênio na Terra – disse McKay.E complementou:– Se esses sinais forem mesmo de vida, seria excitante, sem dúvida, porque representaria uma segunda forma de vida independente daquela que é vista na Terra, baseada na água.Os cientistas afirmam, porém, que formas de vida baseadas no metano ainda são apenas possibilidades hipotéticas. De acordo com comunicado da Nasa, os pesquisadores ainda não detectaram essa forma de vida em lugar algum, apesar de haver micróbios que vivem na água na Terra que conseguem sobreviver no metano ou que o produzem como resíduo ( 7/ junho/2010- Zero Hora )

Titã tem vindo a atrair a atenção dos investigadores pelas invulgares condições que reúne, de entre os nossos vizinhos do Sistema Solar. É a única lua conhecida que possui uma atmosfera propriamente dita, e o único objeto celeste (além da Terra) em que se sabe existirem "mares" - grandes concentrações de matéria em estado líquido na superfície. Em 2004 a missão Cassini-Huygens descobriu lagos de hidrocarbonetos (moléculas à base de carbono e hidrogénio) nas regiões polares. A superfície do satélite é suave - ao contrário da da Lua, cravejada de crateras - e até parecida com a da Terra, moldada por ventos, chuvas e tempestades de metano. Por estes motivos, tem sido frequentemente apontado como um dos locais mais prováveis para encontrarmos os primeiros sinais de vida extraterrestre.( Sociedade portuguesa de Física)
QUER UMA QUÍMICA MAIS QUÍMICA QUE ESTA QUÍMICA?????????

VIDRARIAS E USOS IV


ALÔ PESSOAL!

Como estão? São Paulo com mega friozinho!!!!!!!!!!!

Conforme o prometido ai estão mais algumas peças de laboratório: os indispensáveis tubos de ensaio ( usados para tudo!), Bico de Bunsen ( que possibilita o aquecimento ideal ) e os condensadores ( sem eles não há destilação!)

As imagens são da http://www.imaculadanet.com.br/lab_equ.php .

No domingo ( 6/06 ) foi realizada a prova da FGV.

Nos assuntos atuais caiu sobre a usina de Belo Monte, os problemas do pré sal, com leituras e análises.

Sugiro a voces seguirem esses assuntos e o vazamento da BP.

XQUIMICA ANTENADO!






domingo, 6 de junho de 2010

VIDRARIAS E USOS III
















ALÔ PESSOAL! mais uma vez vamos ao laboratório!
Essa figuras eu tirei de um blog muito legal: materialdelaboratorio.blogspot.com.
Veja: tem balão de fundo redondo ( usado em destilações e mais apropriado quando há refluxo ), funil de Buchner (usado na extração à vacuo, atuando com filtro, acoplado ao kitasato)
cadinho ( usa-se para aquecimento e fusão de sólidos a altas temperaturas ) e
almofariz com pilão ( usados para triturar e pulverizar sólidos)
Ainda vem mais alguns, afinal o laboratório do XQUIMICA tem que ser completo!

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Fazendo a vida ser interessante