sábado, 16 de abril de 2011

DETERGENTES BIODEGRADÁVEIS



ALÔ PESSOAL!!!!!!!!

De molho na cozinha e pensando: Afinal qual a diferença entre detergente biodegradável e o não biodegradável?

Claro que sei que um agride a natureza e o outro, menos. Mas o que tem na fórmula dos " benditos" para provocar esse efeito?

Olhando para as cadeias já dá para perceber!

A cadeia dos detergentes biodegradaveis não possuem ramificações, são cadeias retas com a ponta de sódio para"grudar " na água. Lembra que o detergente funciona como uma ponte unindo a gordura e a água? O lado inorgânico pega na água e o lado orgânico na gordura!
Já os detergentes não biodegradáveis são de cadeia ramificada, como acima!
Os detergentes em geral são feitos a partir da mistura de alquil-benzeno-sulfonatos. A maioria destes detergentes vai parar em rios através da rede de esgoto, eles são responsáveis pela poluição conhecida como cisnes-de-detergentes: espumas esbranquiçadas e densas que impedem a entrada de gás oxigênio na água, o que afeta as formas aeróbicas aquáticas. Por que as ramificações da cadeia carbônica tornam o detergente não biodegradável? Os micro-organismos existentes na água produzem enzimas capazes de quebrar as moléculas de cadeias lineares presentes nos detergentes biodegradáveis. Mas essas mesmas enzimas não reconhecem as cadeias ramificadas presentes nos detergentes não biodegradáveis, por esse motivo eles permanecem na água sem sofrer decomposição.

Grande lance esse do reconhecimento dos microorganismos!

XQUÍMICA TOTAL ECOLÓGICO!

(foto e fonte adaptada:http://www.mundoeducacao.com.br)

quarta-feira, 13 de abril de 2011

MISTURAS AZEOTRÓPICAS

Observe na tabela abaixo, alguns casos de misturas azeotrópicas:

  • MISTURA AZEOTRÓPICA -----------------PONTO DE EBULIÇÃO


  • álcool etílico (95,5%) + água (4,5%)---------78,1° C -----------

  • acetona (86,5%) + metanol (13,5%) --------56° C -------------

  • álcool etílico (7%) + clorofórmio (93%)----- 60° C --------------

  • ácido fórmico (77,5%) + água (22,5%) ----- 107,3° C ------------

ALÔ PESSOAL!!!!!!!! Olha só que nome mais químico! azeotrópica! O que significa? São misturas homogeneas que apresentam a característica de possuir o mesmo ponto de ebulição, ou seja, nessa temperatura se comporta como uma substancia pura. Já o ponto de fusão é diferente. Então não esquece:para ser uma mistura pura tem que ter ponto de fusão E ponto de ebulição constantes. Ah,como separa a mistura de álcool e água ? Primeiro adiciona-se óxido de cálcio ( CaO ) que reage com a água formando hidróxido de cálcio. -Ca ( OH)2 - e depois destila: nesse processo o álcool evapora primeiro e é recolhido. Bonitinho, não?

domingo, 10 de abril de 2011

ARMADURA LÍQUIDA



ALÔ PESSOAL!!!!!


Domingo na folhinha, mas nem assim deixo de passar por aqui... O asunto é mega interessante: armaduras líquidas que estão sendo desenvolvidas . Acima a foto de um tipo de armadura depois que sofreu o impacto de uma bala.


O texto e a foto forma extraidos do ciências e saúde da UOL.


O termo "armadura líquida" pode ser meio equivocado. Para algumas pessoas, ele dá a idéia de um fluido se movendo dentro de um sanduíche de duas camadas de material sólido. No entanto, os dois tipos de armadura líquida em desenvolvimento trabalham sem uma camada líquida visível. Em vez disso, eles usam Kevlar, que foi deixado de molho em um dos dois fluidos. O primeiro é um fluido de espessamento (STF), que se comporta como um material sólido quando há estresse mecânico ou um corte. Em outras palavras, ele se comporta como um líquido até que um objeto o atinge ou o deixa agitado. Então, ele endurece em questão de milésimos de segundo. Este é o conceito oposto de um fluido de afinamento, como uma tinta, que se torna mais fina quanto agitada ou mexida. Você pode ver como o fluido de espessamento se parece se examinar uma mistura usando partes iguais de água e amido de milho. Se você misturar lentamente, as substâncias irão se mover como um líquido. Mas se você se mexer rapidamente, a superfície irá se solidificar rapidamente. Você consegue até moldar uma bola, mas quando para de aplicar pressão, a bola se desfaz. Veja aqui como funciona este processo. O fluido é um colóide, feito de minúsculas partículas suspensas em um líquido. As partículas se repelem uma das outras lentamente, por isso elas ficam suspensas com facilidade no líquido sem se empedrarem ou se acumularem no fundo. Usando a energia de um impacto rápido aumenta as forças de repulsão entre as partículas - elas se unem, formando massas chamadas de hidro-grupo. Quando a energia do impacto se dissipa, as partículas começam a se repelir novamente. Os hidro-grupos se desfazem e a substância aparentemente sólida se reverte para um líquido.


O fluido usado nas armaduras corporais é feito de partículas de sílica suspensas em polietilenoglicol. A sílica é um dos componentes da areia e do quartzo e o polietilenoglicol é um polímero utilizado normalmente em laxantes e lubrificantes. As partículas de sílica possuem apenas alguns nanômetros de diâmetro, por isso vários relatórios descrevem este fluido como uma forma de nanotecnologia. Para fazer uma armadura utilizando fluido de espessamento, os pesquisadores primeiro precisam diluir o fluido em etanol. Eles saturam o Kevlar com o fluido diluído e o colocam em um forno para que o etanol evapore. O STF então penetra no Kevlar, e as fibras do Kevlar seguram as partículas absorvidas do fluido no lugar. Quando um objeto atinge ou perfura o Kevlar, o fluido endurece imediatamente, deixando o Kevlar mais resistente. O processo de endurecimento acontece em questão de milésimos de segundo, e a armadura volta a ficar flexível logo depois. Em testes de laboratório, o Kevlar tratado com STF é tão flexível quanto o Kevlar comum. A diferença é que ele é mais resistente, por isso as armaduras usando STF precisam de poucas camadas deste material. Quatro camadas de Kevlar tratado com STF podem dissipar a mesma quantidade de energia do que 14 camadas de Kevlar comum. Além disso, as fibras tratadas com STF não desgastam no impacto como as fibras comuns, significando que as balas não penetram tanto na armadura ou na pele da pessoa que estiver usando. Os pesquisadores acreditam que isso ocorre devido ao fato de ser necessário mais energia para que a bala penetre as fibras tratadas com STF.

Acima voces tem a fórmula estrutural do Kevlar . A fórmula molecular é:[-CO-C6H4-CO-NH-C6H4-NH-]n

Ah! Kevlar é uma marca registada da DuPont para uma fibra sintética de aramida muito resistente e leve. Trata-se de um polímero resistente ao calor e sete vezes mais resistente que o aço por unidade de peso. O kevlar é usado na fabricação de cintos de segurança, cordas, construções aeronáuticas, velas e coletes à prova de bala e na fabricação de alguns modelos de raquetes de tênis. Existem vários tipos de Kevlar; o que é produzido pela polimerização de p-fenilenodiamina com cloreto de tereftaloila.( Wikipédia)

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Fazendo a vida ser interessante