quinta-feira, 4 de setembro de 2008

A PEDIDOS: CRISTAIS DE SULFATO DE COBRE!


Para produzir cristais iônicos de sulfato de cobre (CuSO4), precisa do seguinte material: o sulfato de cobre, que pode comprar em qualquer drogaria, um recipiente de pirex (para que possa ser aquecido), outro recipiente (tipo copo ou tigela) para os cristais cristalizarem, uma lamparina, uma vareta ou mesmo uma colher para misturar, papel de filtro, um funil preferencialmente de vidro, e água destilada (também se possível).

O processo utilizado designa-se por cristalização(– para separar e purificar sólidos). Para esta cristalização, começamos por dissolver a quente o sulfato de cobre em água destilada, adicionando bastante reagente até supersaturar a solução, ou seja, até que não se consiga dissolver mais o sulfato de cobre e este forme um pequeno depósito no fundo do recipiente – este processo tem por objetivo, certificarmo-nos que no final teremos alguns cristais grandes. Em seguida, filtra-se a solução quente, colocando o papel de filtro no funil, e recolhendo o líquido filtrado no segundo recipiente. Com esta filtração pretende-se retirar o excesso de reagente e as impurezas insolúveis. Em seguida é só deixar o filtrado ao ar até a cristalização estar completa . Deve ter em atenção que quanto maior for o período de secagem, maiores serão os cristais, portando deixe-os secar durante cerca de uma semana. Depois, retira o excesso de solvente e seque os cristais com papel de filtro com cuidado.


Se os cristais ficaram pequenos, então repetir o processo, com a seguinte variante, adicionar no recipiente final de cristalização, os primeiros cristais formados, de forma a que os novos cristais cristalizem sobre os primeiros, obtendo-se cristais de maiores dimensões.

Pode ainda adicionar uma concha, um búzio, uma pedra, ou qualquer outro material rugoso, antes da cristalização, para que os cristais formados recubram e adiram à superfície do material.

Assim, como o sulfato de cobre que forma cristais azuis, pode usar outros reagentes para variares a cor dos cristais, como por exemplo açúcar, nitrato de potássio, cloreto de bário, cloreto de sódio, entre outros.

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

ROBÔ RESOLVE O CUBO MÁGICO EM 37 SEGUNDOS!

NAOH + ALUMÍNIO- EXPLICANDO!

VOCES VIRAM NO VIDEO ABAIXO QUE HÁ UMA REAÇÃO CORROSIVA, OU SEJA, PARECE QUE O ALUMÍNIO SUMIU...
MAS EM QUÍMICA, COMO DIZIA LAVOISIER " NADA SE PERDE, NADA SE CRIA, TUDO SE TRANSFORMA!"
O QUE ACONTECE É QUE O SÓDIO É UM METAL ALCALINO EXTREMAMENTE REATIVO.
PERTENCE À FAMÍLIA 1A . ( MAIS SOBRE ISSO, PROCURE NESSE BLOG!)
PERCEBA QUE ELE É COLOCADO NA FORMA ANIDRO, OU SEJA, BEM DESIDRATADO, EM CIMA DO PAPEL ALUMÍNIO.
QUANDO É JOGADA ÁGUA, COMEÇA A REAÇÃO.
O SÓDIO REAGE COM O METAL ( ALUMÍNIO), PROVOCANDO AQUELE MASTER BURACO!
TAMBÉM TEM UMA FUMAÇA QUE É VAPOR E GÁS.
VIU? EM QUÍMICA TUDO TEM EXPLICAÇÃO!

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Fazendo a vida ser interessante