segunda-feira, 25 de março de 2013

RELAXANTES CAPILARES= CABELO LISO?

OI PESSOAL!!!!! 
Tudo bem?
Mais uma vez vamos de Cosmetologia, saber o que se passa no cabelo quando este é submetido a tecnicas como relaxamento/alisamento.

ESCOVA PROGRESSIVA COM GUANIDINA-www.mundodastribos.com


Veja abaixo:
Relaxantes são  métodos de alisamento escolhidos por muitas mulheres com cabelos encaracolados, muito enrolados ou crespos. Estes tratamentos químicos funcionam introduzindo-se no córtex, ou camada interna, do fio do cabelo e transformando a sua estrutura, resultando no alisamento dos fios. Ao escolher um relaxante, considere fatores como a quantidade de tempo que leva para alisar o cabelo, bem como a composição química do relaxante. Os dois tipos básicos de relaxantes são os produtos à base de Hidróxido de Sódio e os à base de Guanidina.

Identificação

HIDRÓXIDO DE GUANIDINA
A principal diferença entre os produtos à base de Hidróxido de Sódio e os à base de Guanidina resumem-se a seus ingredientes ativos. Os alisantes a base de Hidróxido de sódio são os mais fortes. Os alisantes a base de hidróxido de guanidina possuem uma poderosa combinação de hidróxido de sódio e solução de guanidina, que ativa a mistura. Muitos relaxantes a base de Sódio e Guanidina também contêm condicionado ingredientes como azeite de oliva e manteiga de karité que ajudam a suavizar o cabelo.
A guanidina é um elemento obtido a partir da oxidacao da guanina. Posso dizer que o hidróxido de guanidina é então um sub-produto derivado da guanidina para ser usado em cabelos.

O hidróxido de guanidina é formado basicamente pela união de dois outros elementos: o Carbonato de Guanidina e o Hidróxido de Calcio. Esses dois elementos juntos é que formam o que chamamos de Guanidina. Lembrando que o carbonato de calcio é o denominado liquido ativador, que normalmente vem na cor amarela mas podendo tambem ser mais esbranquiçado.

Significância

Ambos os relaxantes usam produtos químicos cáusticos para alisar o cabelo, mas os a base de Guanidina são menos susceptíveis a irritar o couro cabeludo, segundo o MedicineNet.com. Mesmo assim, independentemente de qual tipo de relaxante você escolher, fatores como a sensibilidade de couro cabeludo e a força dos produtos químicos ainda pode causar queimaduras químicas, quebra do cabelo e queda. "Qualquer relaxante pode queimar seu couro cabeludo, se você usá-lo da maneira errada," o FDA adverte.

Vantagens

Relaxantes a base de Hidróxido de sódio( NaOH )  tendem a ser a opção mais conveniente e prática de alisamento entre os dois. Eles não têm que ser misturados e são embalados em recipientes maiores, permitindo várias aplicações. Um cabeleireiro profissional pode rapidamente e facilmente aplicar estes alisadores químicos, eliminando quaisquer conjecturas. Devido à formulação forte dos relaxantes de Hidróxido de sódio, que têm um fator de pH variando de 10 a 14, estes tratamentos químicos trabalham mais rapidamente para quebrar as ligações do cabelo e alisa-lo. Especificamente, relaxantes a base de hidróxido de sódio são pensados para serem mais eficazes ao alisar o cabelo como um todo. Os relaxantes a base de guanidina, por outro lado, são a escolha mais econômica e acessível

Desvantagens

Relaxantes a base de Hidróxido de sódio são frequentemente mais irritante e prejudiciais para o cabelo e o couro cabeludo. Porque estes produtos são normalmente disponíveis para uso somente por cosmetologistas licenciados. Relaxantes a base de Guanidina vêm embalados com instruções, mas deixam muita margem para erro quando aplicados em casa. Devido a sua formulação mais suave, estes alisantes químicos devem ficar no cabelo mais tempo para o processamento, o que pode resultar em cabelos secos, muitas vezes devido a depósitos minerais deixados no cabelo. Esses relaxantes, a maioria dos quais têm que ser misturados, não têm uma vida útil longa, uma vez preparados; para melhores resultados, você deve usá-los logo após a mistura.

Considerações

Se usar alisantes tanto a base de Hidróxido quanto os de Guanidina, tome cuidado protegendo seu cabelo e o couro cabeludo. Aplique um creme semelhante à vaselina no couro cabeludo antes de usá-los. Algumas mulheres que usam kits em casa, assim como estilistas profissionais, preferem usar este creme como uma camada protetora, independentemente do tipo de relaxante a ser usado. Nenhum tipo de relaxante deve ser aplicado ao cabelo danificado ou ao couro cabeludo irritado, uma vez que isto pode levar a outras feridas e queimaduras químicas. Uma vez que estes tratamentos químicos podem deixar o cabelo mais seco e frágil, faça um tratamento periódico com cremes de tratamento e condicionadores.
 Importante:guanidina não é compatível com o tioglicolato de amonia nem com o Henê.Ou seja, se fez o relaxamento com uma substancia não pode misturar com outra depois...

Tioglicolato de amônia:

O Tioglicolato de Amonia é um derivado de duas substancias, a saber, o hidroxido de amonia e o acido tioglicolico. A mistura desses dois componentes quimicos formam o que conhecemos como Tioglicolato de Amonia ou como costumam chamar os cabelereiros "Amonia" somente.
Então, voces viram que até para relaxar/alisar os cabelos é preciso conhecer química!
links:
http://www.cabelosesonhos.com/
 http://www.ehow.com.br/

Um comentário:

Vanessa S.C. disse...

Olá prof!

Ótimo post!
Estou ansiosa para os próximos!

Um grande abraço!

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Fazendo a vida ser interessante